Av. Alm. Julio de Sá Bierrenbach, 65 | Grupo 206/207

Gestão de clínicas médicas: veja 3 práticas que podem alavancar o seu negócio!

Pessoa com uma ótima gestão de clínica médica

A gestão de qualquer negócio já é um desafio e das clínicas médicas se torna ainda maior devido à complexidade do empreendimento.

A gestão de clínicas médicas traz desafios específicos por exigir e gerir a produtividade, segurança e técnica médica. Quando atreladas ao cuidado com a saúde, a atenção deve ser redobrada. Por isso, é preciso criar estratégias de gestão que visem, não apenas o aumento do número de atendimentos, mas a praticidade no cotidiano agitado de profissionais da saúde cumprindo todas a exigências para execução das atividades.

O desafio é muitas vezes reforçado devido os gestores terem formação técnica na área da saúde, e não em negócios como os demais gestores.

Diante disso, no dia a dia, as dificuldades encontradas estão geralmente relacionadas às tarefas que fogem da sua área, como controle financeiro, comunicação interna, compra e manutenção de equipamentos.

Uma boa administração exige organização, esforço e planejamento. Já as tarefas de gestor de uma clínica médica estão relacionadas a assuntos como controle de gastos, manejo da agenda e administração de pacientes.

Embora seja um desafio e tanto, toda tarefa pode ser realizada com facilidade se  houver estudo e conhecimento para aplicar medidas eficientes para otimizar o dia a dia de trabalho na instituição.

No post de hoje, vamos abordar as principais práticas para administrar uma clínica médica capazes de alavancar o seu negócio. 

E para dar um “up” a mais, ainda explicaremos de que forma a tecnologia pode ser uma ferramenta aliada para reduzir custos e colocar sua clínica no caminho do crescimento sustentável.

Principais desafios da gestão de clínicas médicas

Para se fazer uma boa gestão, é necessário entender quais são os principais desafios, erros e problemas a serem encontrados no decorrer do caminho. 

Problemas na gestão financeira

Um dos fatores mais importantes para ter sucesso e bons resultados na gestão  de clínica médica é um bom controle dos recursos e fluxo de caixa

Sem isso, os gastos podem extrapolar as receitas, resultando em endividamento ou em casos mais graves até mesmo a falência da empresa. 

Para impedir esse tipo de problema, é recomendado não somente a realização do controle e planejamento financeiro do empreendimento, como também o uso de  ferramentas que controlam e atualizam a movimentação financeira. Assim, fica mais fácil gerenciar as finanças da clínica e evitar prejuízos no final de cada mês.

Além disso, analise os resultados financeiros  com recorrência, de preferência mensalmente, para alinhar as metas da clínica e realizar ajustes no planejamento, caso seja necessário.

Falta de organização

Uma empresa organizada é uma empresa que tem todos os seus processos e serviços realizados com excelência. 

Todos os serviços realizados por uma clínica começam pelo agendamento, então, se o início já for desorganizado, todos os processos seguintes também são prejudicados.

Um dos problemas encontrados nas clínicas médicas é a desorganização na agenda. Sempre lotada e  mal gerida, o que ocasiona em atrasos nos procedimentos e consultas marcadas, fatores que impactam na qualidade e na reputação da clínica. O que pode gerar bastante dor de cabeça. Por isso,  é fundamental apostar em ferramentas capazes de organizar as demandas de acordo com a capacidade de atendimento da organização. 

Dados dos pacientes

As clínicas médicas são responsáveis por movimentar um grande volume de informações. Normalmente são dados coletados de seus pacientes: dados pessoais, prontuários médicos, prescrições de medicamentos, entre outros

Devido a isso, a grande quantidade de documentos é acumulada rapidamente, o que faz facilmente com que eles fiquem desorganizados e possam até se perder. 

Para garantir que esse tipo de problema ocorra, os prontuários eletrônicos são uma ótima solução.

Com um sistema digital, os papéis podem ser eliminados, reduzindo os riscos de perda e de quebra também elimina a necessidade de espaço físico para armazenamento desses arquivos. 

Além de centralizar todas as informações em uma mesma plataforma, os prontuários eletrônicos trazem agilidade para localizar os dados e segurança nas informações.

Ausência do uso da tecnologia 

A tecnologia, na maioria das vezes, será forte aliada na resolução dos problemas de gestão. 

Contar com um sistema de gestão deveria ser uma estratégia obrigatória para todas as empresas. 

A tecnologia possibilita o fácil acesso às informações como o prontuário eletrônico, controle de agenda, controle financeiro, outros dados e tarefas vitais para a clínica. Isso tudo de forma simples e otimizada.

Além disso, a tecnologia possibilita também se destacar, crescer na área da saúde, gerando assim lucro e boas referências para a empresa. 

Vale salientar que os benefícios de empregar recursos tecnológicos vão muito além de praticidade e organização, impactam bastante no comprometimento com seus clientes e consequentemente na imagem da empresa. 

3 práticas que podem alavancar seu negócio

  1. Uso da tecnologia

A primeira prática não poderia ser diferente. O uso da tecnologia é vital para o desenvolvimento de qualquer negócio. 

A ferramenta supre todas as demandas e responsabilidades das clínicas, como dados financeiros, agendas, prontuários e outros, tudo em uma única plataforma fácil de usar. Além disso, pode apresentar dados capazes de facilitar o monitoramento da qualidade dos serviços prestados, ajudando a encontrar soluções para os problemas, facilita as tomadas de decisões para serem mais assertivas, eficientes e melhora os resultados da organização.

Com mais organização e controle de todos os processos é mais fácil seguir os planos e atingir os objetivos almejados se torna algo muito mais viável. 

  1. Mantenha a clínica médica dentro de todas as normas e legislação

As clínicas médicas apresentam alto risco sanitário, ou seja, apresentam perigo potencial de danos à integridade física, à saúde humana e ao meio ambiente.

Por isso, estar em dia com as normas e diretrizes dos órgãos fiscalizadores e ter um controle rígido disso, é um dos pontos mais importantes na administração de uma clínica médica. Isso além de evitar multas e acidentes, preserva a integridade física de funcionários e pacientes.

  1. Faça a gestão financeira

O principal conceito da gestão financeira é: não se pode gastar mais do que se recebe. 

Porém, para que esse conceito seja colocado em prática é necessário ter em mãos essas informações. E como se sabe? Fazendo a gestão financeira da empresa. 

Para resolver essa situação que impacta diretamente a gestão, pode-se apostar em um profissional capacitado em finanças, ou pelo menos conhecer e usar ferramentas que auxiliam na gestão. 

Uma das ferramentas mais básicas e eficientes é o fluxo de caixa.

É através dele que é registrado todas as transações financeiras da clínica, tanto receitas quanto despesas do seu negócio. 

Com isso, é possível verificar o que está sendo gasto, o que está sendo recebido, se há lucro e quais recursos podem ser investidos. 

Conclusão

Sua clínica utiliza esses artifícios e ferramentas na gestão? Se ainda não implementou e encontra esses mesmos gargalos, a solução está em suas mãos!

Ainda há tempo! Basta tomar as rédeas da gestão e reverter tudo em ótimos resultados e lucros para sua organização. 

Related Posts

Deixeum comentário

I accept the Privacy Policy