Av. Alm. Julio de Sá Bierrenbach, 65 | Grupo 206/207

Conheça as principais atribuições do médico do esporte

medico-esporte

A Federação Internacional de Medicina do Esporte (FIMS) adotou em 1977 a seguinte definição: “Medicina Esportiva é uma especialidade que inclui segmentos teóricos e práticos da medicina com o objetivo de investigar a influência do exercício, do treinamento e do esporte sobre as pessoas sadias ou doentes, com a finalidade de prevenir, tratar e reabilitar.”

A partir de 2007, no Brasil, uma nova proposta acadêmica começou a ser desenvolvida para a Medicina do Esporte, com um programa de residência médica de três anos direcionado à área de clínica médica (como cardiologia, pneumologia, endocrinologia), traumatologia do esporte (ortopedia ambulatorial e emergência, reumatologia, fisiatria e reabilitação), nutrição, fisiologia esportiva e treinamento físico.

Esse novo especialista é treinado tanto no ambiente hospitalar como no extra-hospitalar (clubes, quadras esportivas, entre outros), com o intuito de formar um profissional que seja capaz de assistir o atleta em todos seus aspectos em sinergia com treinadores, educadores físicos, fisioterapeutas, nutricionistas e psicólogos do esporte. Seu treinamento também é voltado para o aprendizado da prescrição de atividade física como arma terapêutica em doenças diversas e principalmente na prevenção das doenças cardiovasculares que apresentam alta prevalência mundialmente, e no Brasil, já se tornaram a primeira causa de óbito.

Além disso, o médico do esporte é treinado a realizar avaliação médica pré-participação de atividade física competitiva ou não, na tentativa de diagnosticar qualquer alteração que poderia se manifestar ou piorar com a prática desta atividade; realizar investigação médica e fisiológica do rendimento para avaliar a capacidade funcional dos sistemas cardiocirculatório, respiratório, músculo-esquelético e do metabolismo energético; avaliação funcional específica para o tipo de prática desportiva e orientação médica sobre o estilo de vida e nutrição em relação à atividade física e esportiva.

O esporte, a atividade física e o estilo de vida saudável vêm se tornando cada dia mais evidentes no cotidiano do brasileiro, tendência que ganha um enorme impulso com a realização dos dois maiores eventos esportivos do planeta (Copa do Mundo de Futebol e os Jogos Olímpicos). A Medicina Esportiva Brasileira acompanha esse movimento e cresce na tentativa de sempre oferecer aos nossos pacientes-atletas a melhor assistência.

Deixeum comentário

I accept the Privacy Policy